domingo, 10 de maio de 2009

Novo fim

tarde
música de fundo
céu perdendo cores
fim

findo em mim

descoloro
azul, vermelho, anil...
apagados
escorrem em lágrimas
.
sobro cinza
vazio
vazia
.
jazo
morta em mim
desamparada
tenho o ceú como teto

brilha então
uma estrela
novas cores
novo fim, recomeço

-brilha aqui!
pois sem Ti
desfaleço

2 comentários:

Debby disse...

Que linda sua poesia!
Continue escrevendo coisas bonitas assim e nos presenteie com elas!
Bjoks

Leila M. disse...

Bichinho rapá, vc anda tão inspirada, seus versos cada dia mais estão lindos, adorei! =D

xêru no olho.