sexta-feira, 12 de setembro de 2008

sorriso desconhecido


Um sorriso desconhecido me chamou atenção. Era largo e bonito, aberto ao acaso.
Lembrou-me os tempos de escola, os sorrisos largos que dávamos quando algum motorista cordial parava pra gente atravessar a rua rumo a parada.
Parece que eram tempos despreocupados, OU NÃO, como diz uma amiga minha, mas... Sei lá, a cabeça era menos cheia... Ainda dava tempo de ir ao cinema e os sorrisos ao acaso eram mais freqüentes...

Acho que o brilho da juventude, tão comentado pelos mais velhos, está, em grande parte, nesses risos despreocupados, dados pro nada, abertos por nada ou por pouca coisa... Risos que, aos poucos, vão se perdendo... parece que falta tempo... até pra sorrir.
.
E o sorriso conhecido da menina, aquele velho amigo, parece mais cansado, mais distante... já não é tão conhecido...
.
Será desconhecido um dia?
.
[...]
[Espero que não.]

Um comentário:

Nathi Lima disse...

mimirmãã.. que coisa mais fofa e linda essa foto. :)
tu é MUITO linda, véi! XD


"sorria, meu bem, SORRIA!"
não deixe o sorriso sair de perto ele te salvará.. SEMPRE!

eu te amo.

:*