quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Passarinho


Com cores que nem todo mundo vê, ele enxerga o mundo
Diferente
Percebe os detalhes e o Imenso

Tem medo de altura, mas asas estão sempre brotando em suas costas, dizendo: voe!
E ele voa e alcança as nuvens
Com sonhos maiores que os temores

É bonito vê-lo voar, assemelha-se a um passarinho que visita o jardim nos primeiros raios de sol
Talvez por isso goste tanto deles
Seus sons, assim como os desses amiguinhos, alegram as manhãs
Mostram o Imenso que há nesses seres tão pequeninos
.
Tem o brilho de uma criança no olhar
E a maturidade de um adulto no prosseguir
E seja a pé, ou voando, sabe o Caminho certo a seguir

Pra você, meu menino, passarinho

Um comentário:

Flávio Américo disse...

Neguinha, como é bom ter alguém como vc em minha vida. Te amo muito.